Agende-se
Assembleia de Contas 2018

O SEEB realiza Assembleia de Prestação de Contas no dia 22 de maio, às 18h30, na sede adminsitrativa do Sindicato. Bancários filiados estão convidados!

Vídeos
Reforma da Previdência irá gerar miséria

Saiba quem são os deputados que votaram a favor da reforma da Previdência

Saiba quem são os deputados que votaram a favor da reforma da Previdência

Projeto foi aprovado com 48 votos a favor e 18 votos contrários na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ); PEC 6/2019 segue agora para apreciação em Comissão Especial. Pressione os parlamentares a votarem contra o desmonte da Previdência

  •  
  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 24/04/2019 15:59 / Atualizado em 24/04/2019 18:35

 

Arte: Fabiana Tamashiro

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou, na terça-feira 23, por 48 votos a favor e 18 contrários, o parecer do relator da reforma da Previdência, deputado delegado Marcelo Freitas (PSL-MG), a favor da medida.

Sindicato quer saber sua opinião sobre a reforma da Previdência
> Leia aqui tudo que publicamos sobre reforma da Previdência

A sessão que aprovou o parecer favorável à reforma foi longa e tumultuada. A oposição afirmou que irá entrar com mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) para anular a votação da CCJ devido ao fato de o colegiado ter ignorado requerimento assinado por 1/5 dos deputados para suspender a votação por 20 dias, uma vez que o  sigilo dos estudos sobre impactos financeiros da proposta impede a apreciação responsável sobre um tema que afeta milhões de brasileiros.  

Reforma da Previdência: CCJ aprova parecer do relator

"O propósito do ministro Paulo Guedes e do governo Bolsonaro é ser tigre com os trabalhadores, mas gatinho com o sistema financeiro, único beneficiado com essa proposta. O governo tenta enganar a população ao afirmar que a 'nova Previdência' combate privilégios e dá sustentabilidade para o orçamento, que economizará R$ 1 trilhão. Se isso é verdade, por que os dados serão secretos?”, indaga Neiva Ribeiro, secretária-geral do Sindicato.

> Previdência para militares aumenta gastos, privilégios e desigualdades
Reforma da Previdência é boa para quem?
Governo quer capitalização sem aporte patronal

“A proposta que a CCJ aprovou nesta terça-feira, em uma sessão turbulenta, é questionada pela oposição, pois fere a Constituição e é extremamente injusta, entre outras coisas. Vamos pressionar esses deputados que estão contra o povo e mostrar a eles que iremos defender nossos direitos com unhas e dentes”, acrescenta.

A PEC 6/2019 segue agora para apreciação em comissão especial, que será criada pela Câmara ainda nesta quinta 25. Se passar nessa comissão, será submetida à votação em dois turnos no Plenário, onde precisará dos votos de dois terços dos deputados (308 do total de 513) para ser aprovada. A tramitação segue depois para o Senado.

Banqueiros escancaram cobiça pela Previdência 
Reforma tributária ao invés de reforma da Previdência!
País perde R$ 4,6 bi ao não tributar acionistas de Itaú, Bradesco e Santander

Pressione

A Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Anfip) criou uma ferramenta para facilitar o envio de mensagens contra a reforma da Previdência aos parlamentares. Além disso, os cidadãos ainda podem votar "discordo totalmemente" na consulta pública aberta pela Câmara dos Deputados sobre a PEC 6/2019. 

Centrais unidas no 1º de Maio, contra a reforma da Previdência. Participe!

Confira abaixo os deputados federais paulistas que votaram a favor da reforma da Previdência

Os deputados federais por São Paulo que votaram contra a reforma da Previdência na CCJ, defendendo os direitos dos trabalhadores, foram: Alencar S. Braga (PT), Paulo Teixeira (PT) e Luiz Flávio Gomes (PSB) 

Veja a lista completa da votação na CCJ:

Votaram sim (a favor da reforma):

Bia Kicis (PSL-DF) Sim
Caroline de Toni (PSL-SC) Sim
Daniel Freitas (PSL-SC) Sim
Delegado Marcelo (PSL-MG) Sim
Delegado Waldir (PSL-GO) Sim
FelipeFrancischini (PSL-PR) Sim
Nicoletti (PSL-RR) Sim
Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) Sim
Beto Rosado (PP-RN) Sim
Hiran Gonçalves (PP-RR) Sim
Marcelo Aro (PP-MG) Sim
Margarete Coelho (PP-PI) Sim
Darci de Matos (PSD-SC) Sim
Deleg. Éder Mauro (PSD-PA) Sim
Edilazio Junior (PSD-MA) Sim
Fábio Trad (PSD-MS) Sim
Stephanes Junior (PSD-PR) Sim
Arthur O. Maia (DEM-BA) Sim
Bilac Pinto (DEM-MG) Sim
Geninho Zuliani (DEM-SP) Sim
Paulo Azi (DEM-BA) Sim
Alceu Moreira (MDB-RS) Sim
Celso Maldaner (MDB-SC) Sim
Herculano Passos (MDB-SP) Sim
Márcio Biolchi (MDB-RS) Sim
Gelson Azevedo (PR-RJ) Sim
Giovani Cherini (PR-RS) Sim
Marcelo Ramos (PR-AM) Sim
Sergio Toledo (PR-AL) Sim
João Campos (PRB-GO) Sim
João Roma (PRB-BA) Sim
Lafayette Andrada (PRB-MG) Sim
Luizão Goulart (PRB-PR) Sim
Eduardo Cury (PSDB-SP) Sim
Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG) Sim
Samuel Moreira (PSDB-SP) Sim
Shéridan (PSDB-RR) Sim
Paulo Martins (PSC-PR) Sim
Maurício Dziedrick (PTB-RS) Sim
Diego Garcia (PODE-PR) Sim
Léo Moraes (PODE-RO) Sim
Genecias Noronha (SOLIDARIEDADE-CE) Sim
Augusto Coutinho (SOLIDARIEDADE-PE) Sim
Luis Tibé (AVANTE-MG) Sim
Rubens Bueno (CIDADANIA-PR) Sim
Pastor Eurico (PATRI-PE) Sim
Enrico Misasi (PV-SP) Sim
Gilson Marques (NOVO-SC) Sim

Votaram não (contra a reforma):

Afonso Motta (PDT-RS) Não
Eduardo Bismarck (PDT-CE) Não
Gil Cutrim (PDT-MA) Não
SubtenenteGonzaga (PDT-MG) Não
Renildo Calheiros (PCdoB-PE) Não
Clarissa Garotinho (PROS-RJ) Não
Alencar S. Braga (PT-SP) Não
Joenia Wapichana (REDE-RR) Não
José Guimarães (PT-CE) Não
Maria do Rosário (PT-RS) Não
Nelson Pellegrino (PT-BA) Não
Patrus Ananias (PT-MG) Não
Paulo Teixeira (PT-SP) Não
Danilo Cabral (PSB-PE) Não
João H. Campos (PSB-PE) Não
Júlio Delgado (PSB-MG) Não
Luiz Flávio Gomes (PSB-SP) Não
Talíria Petrone (PSOL-RJ) Não

Fonte: SEEB São Paulo | 25/04/2019
SEEB - Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Blumenau e Região
Rua Coronel Vidal Ramos, nº 282 - CEP: 89010-330 - Centro - Blumenau
Fone: (47) 3326.3116 | Fax: (47) 3322.5036
Criação e desenvolvimento de sites