Agende-se
Sede Campestre fechada

O Seeb Blumenau e Região informa que a Sede Campestre estará fechada no feriado do dia 02 de novembro.

Vídeos
Campanha #FechaComAGente - Vale alimentação

Senado aprova em primeiro turno Reforma da Previdência

A primeira votação, aprovada por 56 votos a favor, aconteceu na terça-feira, dia 1º. Próxima votação está prevista para o dia 15.

A Reforma da Previdência foi aprovada em primeiro turno pelo Senado na tarde de terça-feira, dia 1º de outubro, por 56 votos a favor. Apenas 19 Senadores votaram contra a proposta. A previsão atual é que a votação em segundo turno aconteça no dia 15 de outubro.

Se aprovada em dois turnos no Senado, a Reforma da Previdência será promulgada pelo Congresso e vira uma emenda à Constituição. Sendo assim, quase todas as mudanças passam a valer imediatamente, incluindo a idade mínima e o novo cálculo do valor da aposentadoria.

O presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas, diz que todo o texto da reforma é um ataque aos direitos dos trabalhadores e das trabalhadoras, especialmente dos mais pobres, que dificilmente conseguirão se aposentar se a PEC for aprovada. “A maioria dos trabalhadores se aposenta por idade porque não consegue contribuir por 15 anos. E a média do valor do benefício é de apenas R$ 1.300,00. O que o governo Bolsonaro quer é deixar o trabalhador e o aposentado na miséria e forçar os que ganham mais a pagar uma previdência privada. Esta reforma só atende aos interesses do capital financeiro”.

Como votaram os Senadores
Os três Senadores que representam Santa Catarina do senado federal, Dário Berger (MDB); Esperidião Amim (PP); e Jorginho Mello (PL) votaram a favor da Reforma da Previdência e da perda de direitos dos trabalhadores. Dos 76 Senadores, apenas 19 votaram contra a proposta. Numericamente, a sigla que mais entregou votos a favor do texto foi o MDB, com 11 votos. Em seguida vem o Podemos e o PSDB, com oito votos cada; o PSD, com sete; e o PP, com cinco votos.

Senadores que votaram contra a reforma:
Acir Gurgacz (PDT-RO); Cid Gomes (PDT-CE); Eliziane Gama (Cidadania-MA); Fabiano Contarato (Rede-ES); Fernando Collor (Pros-AL); Humberto Costa (PT-PE); Jaques Wagner (PT-BA); Jean PauI Prates (PT- RN); Leila Barros (PSB-DF); Irajá (PSD-TO); Otto Alencar (PSD-BA); Paulo Paim (PT-RS); Paulo Rocha (PT-PA); Randolfe Rodrigues (Rede-AP); Renan Calheiros (MDB-AL); Rogério Carvalho (PT-SE); Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB); Weverton (PDT-MA) e Zenaide Maia (Pros-RN).  

Fonte: Imprensa Seeb Blumenau e Região com informações da Contraf-CUT e do portal Poder 360 | 02/10/2019
SEEB - Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Blumenau e Região
Rua Coronel Vidal Ramos, nº 282 - CEP: 89010-330 - Centro - Blumenau
Fone: (47) 3326.3116 | Fax: (47) 3322.5036
Criação e desenvolvimento de sites