Agende-se
Sindicato fechado

O Seeb Blumenau e Região informa que na sexta-feira, dia 13 de dezembro, o sindicato estará fechado após às 11h45. Atendimento normalizado na segunda-feira, dia 16. 

 
Vídeos
Campanha #FechaComAGente - Convênio Médico

Último dia para votar em Rita Serrano para o CA da Caixa

Acesse eleicaoca.caixa e vote em Rita Serrano, nº 0149, para o Conselho de Administração da Caixa; objetivo é eleger Rita no primeiro turno.

Os empregados da Caixa Econômica Federal têm somente mais um dia para votarem na sua verdadeira representante no Conselho de Administração do banco, a Maria Rita Serrano, nº 0149. O prazo para a votação se encerra às 18h desta sexta-feira (22). Caso nenhum candidato tenha mais da metade dos votos, haverá um segundo turno entre os dias 2 e 6 de dezembro.
 
“Nosso objetivo é eleger a Rita já no primeiro turno. Por isso, orientamos todos os empregados que ainda não o fizeram, votarem logo nas primeiras horas do dia. Assim não correm o risco de deixar de contribuir para a eleição da Rita”, alertou o coordenador da Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE/Caixa), Dionísio Reis.
 
Todos os empregados da ativa podem votar, mesmo que estejam em férias ou de licença. E é muito fácil e rápido votar. Basta acessar a intranet da Caixa; digitar eleicaoca.caixa; inserir a matrícula funcional e senha; clicar em “votar”; digitar 0149; e confirmar o voto quando aparecer a foto da Rita.
 
Porquê votar na Rita
Rita é a atual representante dos empregados no CA da Caixa. Um grande marco de sua gestão foi conseguir impedir, por duas vezes, a abertura de capital da Caixa, o que levaria o banco a se tornar uma sociedade anônima (S/A) e, assim perdesse seu caráter de banco 100% público.
 
Como coordenadora do Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas, Rita liderou a atuação contra a aprovação do Projeto de Lei do Senado (PLS) 555. A segunda vez que se impediu a abertura de capital da Caixa foi quando houve a tentativa de mudança estatutária da Caixa, em 2017. Rita conseguiu articular uma grande frente nacional contra a alteração no estatuto do banco, que derrotou a proposta.
 
“É fundamental mantermos no CA uma representante que realmente defenda a Caixa e sua manutenção como banco 100% público. Bancos que têm capital aberto acabam tendo sua atuação social limitada, por causa do interesse dos acionistas. E, também por causa dos acionistas, passa a existir o risco de redução ainda maior do quadro de pessoal e das remunerações dos empregados. Tudo passa a girar em função da redução de custos para aumentar os lucros e, com isso, os valores distribuídos como dividendos aos acionistas”, explicou a diretora de Cultura e representante da Contraf-CUT nas negociações com o banco, Fabiana Proscholdt.
 
CA Caixa
O Conselho de Administração é a principal instância decisória do banco. Possui oito membros: o presidente do banco, seis conselheiros indicados pelo Ministério da Economia e um eleito pelos empregados.
 
Conquista histórica dos trabalhadores, como resultado da luta das entidades sindicais e associativas, a eleição de representante dos empregados na Caixa tornou-se realidade a partir de 2013.
 
O papel do conselheiro eleito é representar os anseios dos trabalhadores, defender a integridade do banco e fiscalizar as ações da gestão.
 
Fonte: Contraf-CUT | 22/11/2019
SEEB - Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Blumenau e Região
Rua Coronel Vidal Ramos, nº 282 - CEP: 89010-330 - Centro - Blumenau
Fone: (47) 3326.3116 | Fax: (47) 3322.5036
Criação e desenvolvimento de sites