Agende-se
ASSEMBLEIA GERAl VIRTUAL EXTRAORDINÁRIA/ORDINÁRIA

30/11/2021 - Primeira chamada: 18h30min 

Acesse o edital AQUI 

 

Vídeos
TV Contraf | #SeÉPúblicoÉParaTodos

Fenae e Contraf solicitam ao Pres. do Senado celeridade no PL da vacinação

Jornal o Globo destaca atuação das entidades pela vacinação da categoria contra a Covid-19. Documento enviado ao Senado informa o aumento de 253% nos desligamentos por morte entre bancários da Caixa

A inclusão dos bancários no grupo prioritário para a vacinação contra a Covid-19 pelo Plano Nacional de Imunizações (PNI) tem sido a principal defesa da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) de proteção aos empregados Caixa. Com este objetivo, a Federação e a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf/CUT) enviaram ofício ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (Democratas/MG), solicitando a aprovação do Projeto de Lei 1011/2020, que prioriza a categoria na imunização, aprovado no último dia 17 de junho pela Câmara dos Deputados.

O pedido das entidades foi destaque no jornal O Globo, na coluna da Jornalista Bela Megale. “A inclusão dos empregados da Caixa e de outros bancos no grupo prioritário foi aprovada pela Câmara dos Deputados no dia 18 de junho, mas ainda precisa passar pelo Senado. A Fenae destaca que desde abril de 2020 os serviços bancários estão entre as atividades essenciais no país”, destacou o jornal.

O documento enviado ao Senado faz parte da estratégia da campanha Vacina Já, realizada pela Fenae desde o início da vacinação no país. No ofício, as entidades explicam que o trabalho do setor bancário foi considerado essencial desde o início da pandemia, sendo executado com atendimento presencial ao público. Somente na Caixa, metade da população brasileira foi atendida durante o pagamento do auxílio emergencial.

“Explicamos que a vacinação dos bancários vai contribuir para o controle da disseminação do vírus. Os trabalhadores atendem em ambiente fechado, sem ventilação, aumentando o risco de contaminação para os bancários e para a população. Esperamos que o Senado seja sensível ao nosso pedido”, disse o presidente da Fenae, Sergio Takemoto. “Já ocorreram diversas mortes na categoria. A prioridade na vacinação protege os trabalhadores, mas também protege as pessoas que precisam ser atendidas pela Caixa e também pelos demais bancos”, completou.

A presidenta da Contraf/CUT, Juvandia Moreira, também falou sobre os riscos de contaminação nas agências. “Já comprovamos os riscos de se trabalhar em local fechado, como é o caso de nossa categoria. Mas, esta é uma medida que pode conter o contágio e reduzir as mortes não apenas entre os bancários, mas também entre as pessoas que precisam ser atendidas pelos bancários”, disse em matéria da Contraf-CUT.

Confira a íntegra do ofício aqui.

Mortes aumentaram

O ofício também ressaltou um estudo do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), a pedido da Fenae, que mostrou um aumento de 253% no número de desligamentos por morte entre os bancários da Caixa nos primeiros quatro meses de 2021, em comparação com o mesmo período de 2020.

Ajude! Cobre posicionamento do seu senador

Você pode ajudar a apressar a votação do PL, cobrando posicionamento dos senadores. Envie um e-mail para o seu Senador, e cobre a votação do projeto que incluí os bancários como grupo prioritário na vacinação contra a Covid-19. 

 

Fonte: Fenae | 29/06/2021
SEEB - Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Blumenau e Região
Rua Coronel Vidal Ramos, nº 282 - CEP: 89010-330 - Centro - Blumenau
Fone: (47) 3326.3116 | Whatsapp: (47) 99776-0330 | E-mail: sindicato@bancariosblumenau.org.br
Criação e desenvolvimento de sites