Notícias

06/02/2024 11:17
Santander
Atualização 06/02/2024 11:19
Santander cobrará plano de saúde de quem contribuiu por 25 anos para a Fundação Sudameris Santander

Santander cobrará plano de saúde de quem contribuiu por 25 anos para a Fundação Sudameris

Na última terça-feira 30, o Santander informou aos aposentados oriundos do Banco Sudameris, que contribuíram por 25 anos ou mais para a Fundação Sudameris, que a partir de abril não terão mais direito a gratuidade no plano de saúde com clínica médica padrão standart.

O Santander informou que, a partir de abril, o custo para o beneficiário e seus dependentes será de 50% do valor do plano; e, a partir de setembro, será de 100% do valor do plano para o beneficiário e seus dependentes.

O Banco Sudameris, assim como a Fundação Sudameris, foi adquirido inicialmente pelo Banco ABN AMRO Real, que posteriormente foi adquirido pelo Santander. Até o presente momento todos os trabalhadores que contribuíram com a Fundação Sudameris por 25 anos ou mais tinham garantido o direito a gratuidade no plano de saúde com clínica médica padrão standart, direito este que agora o Santander pretende retirar de forma unilateral.

“Não é correto que o Santander, de forma unilateral, sem qualquer negociação, prejudique os trabalhadores que contribuíram por tantos anos com a Fundação Sudameris; os aposentados, que terão de pagar o plano justamente no período da vida no qual mais precisam dele; e também aqueles que ainda contribuem e estão na expectativa de fazer jus a gratuidade”, enfatiza o dirigente do Sindicato e bancário do Santander, oriundo do Banco Sudameris, Welington Corrêa.

“O Sindicato formalizou pedido de negociação com o Santander sobre essa questão, visando garantir os direitos dos trabalhadores. Estamos também estudando ingressar com ação judicial coletiva que obrigue o Santander a honrar o compromisso de manter os direitos a todos os contribuintes da Fundação Sudameris”, conclui a coordenadora da COE Santander (Comissão de Organização dos Empregados do Santander) e diretora executiva da Fetec-CUT/SP, Wanessa de Queiroz Paixão.

Fonte: SP Bancários

Compartilhe:

Controle sua privacidade

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Clique em "Minhas opções" para gerenciar suas preferências de cookies.

Quem pode usar seus cookies?

×

Cookies necessários

São essenciais pois garantem o funcionamento correto do próprio sistema de gestão de cookies e de áreas de acesso restrito do site. Esse é o nível mais básico e não pode ser desativado.
Exemplos: acesso restrito a clientes e gestão de cookies.

Cookies para uma melhor experiência (2)

São utilizados para dimensionar o volume de acessos que temos, para que possamos avaliar o funcionamento do site e de sua navegação e para oferecer a você melhores produtos e serviços.
Exemplos: Google Tag Manager, Pixel do Facebook, Google Ads, Google Analytics.mais detalhes ›

Shareaholic

Google Analytics - Estatística Básica